NOTA PÚBLICA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES

A Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores reunida nesta segunda-feira (6/6), considerando todos os episódios ocorridos durante a manifestação dos estudantes na semana passada (02 e 03/06), vem a público manifestar as seguintes considerações: 01 – A atitude do comando da operação policial no local do episódio, reprimindo violentamente as manifestações, violando preceitos legais e atacando espaço fora de sua área de jurisdição (UFES), merece ser repudiada de forma veemente por toda a sociedade civil, especialmente pelas lideranças dos movimentos sociais e defensores dos direitos humanos; 02 – A atuação do vice-governador e presidente do PT Givaldo Vieira, que agiu como mediador, foi fundamental para que algo pior não acontecesse; 03 – A trajetória política do governador Renato Casagrande e do vice-governador Givaldo Vieira, e a atuação histórica de ambos junto aos movimentos sociais, indicam que os excessos cometidos nesse episódio não tiveram a orientação de ambos. As ações denotaram a falta de preparo ou de pulso de quem comandava a operação no que diz respeito ao trato com os movimentos sociais. Confiamos no Governo e solicitamos que o mesmo apure os fatos, puna os responsáveis e os que se excederam, e que episódios assim não se repitam mais no Estado do Espírito Santo; 04 – O vice-governador, assim como o PT, é parte efetiva do governo, e temos responsabilidades solidárias nele e por ele. Nós lamentamos que episódios como esses ocorram com os movimentos sociais, que têm todo o direito à proteção do Estado; 05 – Sobre notícias veiculadas pela imprensa nesta segunda-feira (06/06), que especulam sobre uma possível saída de Givaldo Vieira da Presidência do PT, afirmamos que isso é totalmente descabido e lamentável. A Direção Estadual do PT, à unanimidade, reafirma total confiança na condução dos processos e procedimentos que são afetos à presidência do PT e à vice-governadoria; 06 – O PT continuará firme e intransigente em defesa da liberdade democrática e contra a criminalização dos movimentos sociais, sem abrir mão de sua responsabilidade de ajudar a governar um Estado para o qual também foi eleito.

Vitória, 06 de junho de 2011 Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores no ES

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para NOTA PÚBLICA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES

  1. Elan Drumond disse:

    Paabéns, essa é a posição que se espera de quem sempre defendeu a democracia, o direito de manifestação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s