Reforma Urbana de volta ao debate nas cidades

 

Foto: A tragédia expõe os vícios de um modelo baseado no vale-tudo urbano. Somente uma burocracia técnica forte e valorizada poderá pôr fim ao “laissez-faire” que impera nas cidades. Por Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro.

Dois bons textos, complementares, para nossa reflexão. Erminia Maricato e Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro, uma técnica e um técnico, nos convidam a pensar e agir a partir de  uma visão ampla e integrada, tanto de autoridades como de cidadãos comum, um desafio desde sempre. A Reforma Urbana. Em todo o mundo e de formas incisivas e variadas a natureza tem mostrado sua presença, sobretudo por estar sendo ignorada pela grande maioria de nós.  Junto aos planos para nos proteger de catástrofes ambientais precisamos iniciar uma cultura de autoproteção, já que nossos hábitos de vida têm acelerado nossa morte. Neste sentido, este ano teremos a Campanha da Fraternidade 2011 com o  tema “Fraternidade e vida no Planeta”, sob o lema “A criação geme em dores de parto”. Uma boa deixa para começarmos a mudar estilos de vida e abandonar o lado sombrio do mito da Fênix.

Abaixo, sugerimos leitura dos artigos citados.

Do Brasil de Fato (25/01/2011)

As tragédias urbanas. Por Ermínia Maricato.

Da Carta Capital ( em 26/01/2011)

O desastre. Por Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro



Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Reforma Urbana de volta ao debate nas cidades

  1. Pingback: Tweets that mention Reforma Urbana de volta ao debate nas cidades | Blog do Vereza -- Topsy.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s